Icono de teléfono Atenção ao cliente (+34) 924 286 962
Quirón Salud
Sanidad Excelente Privada

Doa os teus óvulos

FAZ-TE DOADOR DE ÓVULOS


No Instituto Extremeño de Reproducción Asistida está contemplada a doação de óvulos. Por isso, o nosso centro não só trabalha na realização de tratamentos com óvulos de dador, mas também para a captação de mulheres dadoras de óvulos. Para tal, a continuação damos informação detalhada relacionada com este  processo.


Aproximadamente 20% dos casais apresentam problemas de esterilidade. A idade biológica óptima para ser mãe é na decada dos 20 aos 30 anos, mas actualmente, graças aos métodos anticonceptivos, a mulher pode decidir quando ter filhos.
Nas sociedades desenvolvidas como a nossa, os casais retardam a idade de serem pais, geralmente esperam até terem uma vida estavél (trabalho fixo, casa, etc....). Isto, inevitavelmente aumenta as dificuldades em conseguir a gravidez.


Que são os óvulos?
Os óvulos ou ovocitos são as células reprodutoras femininas. Em cada ciclo menstrual madura um ovocito dentro do ovário, depois da ovulação pode ser fecundado por um espermatozóide, formando-se assim um embrião. Muitas mulheres não conseguem ficar grávidas por não terem  óvulos viavéis, ou porque os seus ovários tenham envelhecido prematuramente ou por terem tido alguma doença que os tenha afectado.
Nos ultimos anos, as técnicas de reprodução assistido evolucionaram muito, apesar disso não existe nenhuma técnica que consiga deter o envelhecimento dos óvulos.


Quem pode doar óvulos?
Para ser dadora de óvulos, a condição necessária é ter uma idade compreendida entre os 18 e os 35 anos e que tenha uma forte motivação em ajudar os outros, para além de cumprir os requisitos necessários para ser aceite e que esteja disposta a submeterse ao tratamento.
Podem ser mães as mulheres que não têm óvulos viavéis?
Sim, mas necessitam que outra mulher lhe doe os seus óvulos. Os ovócitos doados são inseminados "in vitro" com sémen do elemento masculino do casal receptor. Entre dois e três dias depois, transferem-se para a paciente os embriões conseguidos mediante o processo de fertilização "in vitro".

Quais os passos a seguir para a doação de óvulos?
Os passos a seguir podem ser resumidos no seguinte:
- Entrevista com a "mulher dadora" na que se explica o processo detalhadamente e detidamente.
- O tratamento hormonal realiza-se com injecções, na sua maioria subcutanêas e tem uma duração variavél de 10 a 15 dias.
- No dia da recuperação dos ovócitos aconselha-se repouso.

Que deve saber a dadora?
- A doação de ovócitos é anónima. A dadora não conhece a identidade da receptora, nem tem nenhum direito nem deveres sobre a possivel descendência. Tão pouco o casal receptor conhece a procedência dos ovócitos.
- A doação, por lei tem que ser altruísta, ainda assim, a dadora recebe uma compensação económica significativa devido aos  incómodos causados pelo processo.
- Em caso algum, os tratamentos necessários para a doação alteram os ciclos menstruais posteriores e nunca supôem um deterioro da capacidade de conseguir uma futura maternidade por parte da dadora de óvulos.


Se está interessada em ser dadora de óvulos pode entrar em contacto com o nosso centro onde o nosso pessoal especializado informa-la-á mais detalhadamente. Telefone 0034 924 286 962